Aguarde. Carregando informações.

Sim, existe vida após o AVC

Vamos entender melhor o que se passa fisica e emocionalmente para uma familia que passa por uma situação de AVC.

Quando um membro da família adoece, todo o sistema  será abalado. O AVC é um ocorrência  repentina,  um mal súbito, que  afeta tanto o acometido,  como toda a família, causando situações de  estresse e instabilidade no sistema familiar.

A família assume, na maioria dos casos, a responsabilidade de cuidar da vítima do AVC, com muitos desafios.  Demanda de orientação,  no que diz respeito ao pós AVC, pois na grande maioria das vezes, há necessidade de reabilitação. Nem sempre a  família assimila as orientações de alta hospitalar,  gerando cuidadores  inseguros ou  sem condições para dar continuidade aos cuidados necessários no retorno ao lar..

O AVC é um mal súbito, então essa pessoa foi surpreendida em seus afazeres normais, trabalhos inacabados, planos em andamento, projetos em construção. Toda essa situação é interrompida inesperadamente, afetando todo o contexto familiar.

As pessoas envolvidas com essas perdas, encontrarão oportunidades para as trocas de experiências, com participação de  oficinas, que acontecerão dentro de um contexto vivenciado por todas as pessoas que passaram pela mesma situação.

Nosso objetivo é que a vivência em grupo possa ser instrumento de alivio para as perdas, estimulo para  estratégias de enfrentamento,  fortalecimento dos laços da família/cuidadores e  alivio da sobrecarga emocional; restabelecendo seus novos limites ....

SIM, EXISTE VIDA APÓS UM AVC.

Para maiores informações: falecom@acaoavc.org.br, http://acaoavc.org.br/contato

 

 

 

GALERIA

COMENTÁRIOS